sábado, 9 de janeiro de 2010

Em seis meses, mais 108 apenados chegam ao IPM


     Iniciaram quinta-feira as obras de construção de um novo pavilhão no Instituto Penal de Mariante (IPM). A casa de regime semiaberto, que em 2011 completa 40 anos de funcionamento em Vila Estância Nova, tem capacidade para abrigar 180 apenados, mas atualmente o número ultrapassa os 200. A previsão do setor de engenharia da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) é que o prédio fique pronto em seis meses. Ainda este ano, segundo estima o secretário Édson de Oliveira Goulart, da Secretaria de Segurança Pública (SSP), deve iniciar a construção de um presídio de regime fechado na área do IPM, que totaliza 99 hectares.

http://www.folhadomate.com.br/filePickerPlugin/images/thumb.php?src=arquivo/siteConteudo/ipmionsiriuao.jpg&w=300&h=200
Construtora de Encantado é a responsável pela obra (imagem: Alvaro Pegoraro)

     A cargo da Grafite Construções Ltda, de Encantado, a obra se localiza nos fundos dos dos prédios já existentes. O novo pavilhão terá 955 metros quadrados e capacidade para abrigar 108 apenados. Assim, a capacidade, que hoje é de 180 vagas, aumenta para 288.
     Desde o ano passado o IPM está interditado judicialmente. A medida foi adotada para evitar a superlotação das casas de regime semiaberto. Não poderia ultrapassar o efetivo de 200 presos, mas no mês de dezembro, contrariando a ordem judicial, o número de internos aumentou consideravelmente. Com a construção desse e outros pavilhões em outras regiões, se espera desafogar os presídios de regime fechado e possibilitar, a quem tem direito, a progressão para o semiaberto, que terá condições de absorver o efetivo.

     FECHADO
     Pelo projeto, apresentado ao prefeito Airton Artus dia 26 de agosto do ano passado, o presídio fechado será regional e terá capacidade para abrigar 600 apenados. Ele será modelo, de segurança máxima, e será construído às margens da estrada que liga a RSC-287 à Linha Rincão de Souza. A obra terá 4.600 metros quadrados com custo estimado entre R$ 10 e R$ 12 milhões.

Autor: Alvaro Pegoraro
Fonte: Jornal Folha do Mate

http://lh5.ggpht.com/_qfl6CfHhSbk/S0ia7ftDXaI/AAAAAAAAAbU/me7ANiCYfto/LOGO%20-%20BIOWILSON-2.jpg

E o licenciamento ambiental do IPM, será que existe???? Apesar que, pelo impacto sócio-ambiental de um presídio numa comunidade rural, deveria ser realizado um Estudo de Impacto Ambiental (EIA). Mas será que isso não está sendo negligenciado??? Ficam as dúvidas.


Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes

Nenhum comentário: